Range Rover regressa às origens com novo e exclusivo SV Coupé

Regresso às origens? A Land Rover revelou em Genebra uma versão três portas do eterno Range Rover: este é o Range Rover SV Coupé.

Depois de ter criado, há quase 50 anos, o segmento dos SUV de luxo, a Land Rover procura agora definir um novo sub-segmento, com o lançamento do Range Rover SV Coupé — e tem realmente apenas duas portas —, um SUV de luxo de grandes dimensões.

Criado pela Land Rover Design e pela divisão Special Vehicle Operations (SVO), o SV Coupé aposta numa série de pormenores exteriores exclusivos, dos quais há a destacar, por exemplo, o facto de ser o primeiro modelo da família Range Rover a poder acoplar umas opcionais (e gigantes!) jantes de 23 polegadas.

No interior, uma aposta declarada (e natural) no luxo extremo, com os acabamentos artesanais a sobressaírem num interior que se anuncia sumptuoso. Graças, entre outros fatores, à aplicação de couro semianilina em todos os bancos. Elevando assim o interior premium a patamares comparáveis aos encontrados num avião ou iate privado.

Produzido manualmente e sob encomenda, o futuro proprietário poderá selecionar um de quatro acabamentos para o interior, os quais podem ser complementados com um de três tipos de madeira. A que se junta ainda um inovador acabamento Náutica para o habitáculo e um não menos invulgar acabamento Liquesence, a fazer lembrar metal líquido, para a carroçaria.

O Range Rover de grandes dimensões mais veloz de sempre

A par de um verdadeiro sem-número de soluções de personalização, o Range Rover SV Coupé é também e desde já o Range Rover de grandes dimensões mais veloz de sempre, graças ao V8 5.0 litros Supercharged a gasolina de 565 cv e 700 Nm de binário. O qual está acoplado a uma caixa automática ZF de 8 velocidades com patilhas no volante e que permite acelerar dos 0 aos 100 km/h em apenas 5,3 segundos, além de atingir a velocidade máxima de 266 km/h.

Também como forma de responder às enormes capacidades do motor, garantindo uma maior eficácia, a manutenção da tração integral permanente com caixa de transferências de duas velocidades, um diferencial traseiro ativo, nova calibragem da suspensão e uma altura ao solo rebaixada em 8 mm. Mas que pode, graças à inclusão de uma suspensão pneumática eletrónica, pode chegar, de forma automática, aos 15 mm, quando a velocidades acima dos 105 km/h.

Disponíveis estão ainda os seguintes modos de utilização pré-definidos: Altura de Acesso (50 mm abaixo da altura ao solo padrão), Altura Fora de Estrada 1 (até 40 mm acima da altura padrão e até uma velocidade de 80 km/h), Altura Fora de Estrada 2 (até 75 mm acima da altura padrão e até 50 km/h). Sendo ainda possível elevar até 30 ou 40 mm adicionais, de forma manual.

A inclusão do Sistema Terrain Response 2 permite manter as conhecidas capacidades offroad, entre as quais, uma capacidade de passagem de vau máxima de 900 mm e uma capacidade de reboque de 3,5 toneladas.

Já disponível para encomenda

O Range Rover SV Coupé está limitado a apenas 999 unidades, com previsão de entrega aos primeiros clientes no quarto trimestre de 2018. O preço base em Portugal será a partir de 361 421,64 euros.

 

Fonte: Razão Automóvel

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *